Como eu me tornei organizada

10-02-2016 17:08

Quer ler mais artigos destes temas? Visite a nova localização do blog: http://superorganizadablog.blogspot.pt/

Eu falo bastante sobre organização e de como esta facilita e nos dá qualidade de vida. Quando resolvi criar o Blog foi para partilhar com todas as pessoas, esta minha paixão. Podemos achar no início, que organizar dá muito trabalho, mas com disciplina, com rotinas criadas, destralhar o que não usa, determinar os lugares de cada coisa em sua casa, organizar e arrumar vai ser muito mais fácil, só tráz vantagens!

  

A organização para mim foi um processo que durou (alguns!) anos, não nasci organizada! Quando eu era nova, e como sempre tivemos empregadas lá em casa, nunca precisei de arrumar ou organizar fosse o que fosse, o que retardou o "meu" processo de organização quando saí de casa e fui viver sozinha, por isso o meu conselho é ensinar os filhos desde pequenos a serem organizados, dentro dos possíveis!

Quando fui para Inglaterra estudar, aí, como já tinha que ser eu a arrumar o meu quarto, confesso que o grau de desarrumação era significativo, roupas na cadeira, mas não era mais que isso, e a organização também não fazia parte do meu dia-a-dia, apesar de já nessa altura eu olhar para os armários de amigas (algumas já eram organizadas!) e adorar a organização.

De volta a Portugal e depois de casar, no início os meus critérios de organização também não eram famosos, mas com o tempo cheguei à conclusão que a organização era meio caminho andado para ter uma vida mais facilitada, mais feliz, e aí começou o meu processo de organização.

O “bichinho” organização começou a ser tão grande, que eu comecei a ficar quase que obcecada e viciada com tudo o que era organização, ficava horas a olhar, por exemplo, para um armário à procura de soluções mais práticas e mais bonitas, o que me levava a mudar constantemente sempre que achava que determinada organização não era prática e funcional. Sim, porque organização não é só colocar tudo muito bonito, é também procurar soluções práticas para o dia-a-dia, é puxar pela cabeça e ser criativo!

Com o passar dos anos tudo mudou, consegui encontrar o equilíbrio entre a coerência e as soluções, que tanto procurava. Simplifiquei a minha vida e tudo é mais fácil neste momento!

O gosto pela decoração apareceu muito antes de eu gostar de organizar, eu já comprava esse tipo de revistas que sempre li avidamente, e com um enorme prazer.

Para mim os principais lemas da organização são:

Destralhar – não se consegue organizar e arrumar tralha, por isso mesmo destralhe!

Organizar – determinar o lugar de cada coisa e procurar soluções práticas e funcionais de organização.

Arrumar – depois de organizar, arrumar as coisas nos sítios determinados.

Manter – Depois de conseguir destralhar, organizar e arrumar, fica mais fácil manter. O que é importante é conseguir manter tudo no seu devido lugar.

Não concorda comigo? Dê-nos a sua opinião no processo de organização, partilhe connosco!

Obrigada

Marlene Borges

Quer ler mais artigos destes temas? Visite a nova localização do blog: http://superorganizadablog.blogspot.pt/

Contactos